Ocorreu um erro neste gadget
CLIQUE NA ÁGUA DO AQUÁRIO PARA ALIMENTAR OS PEIXES.
.

15 de out de 2011

HARMONIA.

HARMONIA é uma palavra que aparenta ser tão simples, mas, no fundo, traz um significado muito forte. Em seu sentido mais amplo, pode ser entendida como a concordância entre tudo e todos. E, sendo assim, se todos concordam, não há por que discutir, e sem discussão, vive-se melhor. Para uns, harmonia é a casa sempre cheia de amigos e, por consequência, de alegria. Para outros, é uma deliciosa torta de morango dividida com alguém especial. Pode ser, ainda o contato com a natureza, de preferência embaixo de uma árvore frondosa, ou, simplesmente, o jantar com a família em plena segunda-feira. Eu, você, ele...Cada um tem sua definição para harmonia. E sejam quais forem os "sonhos de consumo", alcançá-los é uma realização pessoal que leva ao bem-estar.
A matemática é obvia. Mais que isso, é simples. O problema é que nem todo mundo consegue realizar seus projetos de vida. Muita gente sofre com as mais diferentes interferências, inclusive dentro da própria casa. O que era para ser um lar, acaba perdendo os benefícios das forças do universo (que deveriam agir por ali livremente), só porque vive em um espaço desestruturado. É claro que isso reflete diretamente no dia-a-dia de cada um. Sorte que existe o Feng-Shui, herança das antigas civilizações orientais e uma boa alternativa para reverter a situação.
Para entender mais a fundo o que estamos falando, melhor seria se pudéssemos voltar no tempo algo em torno de 6 mil anos. Como isso não é possível, é bom saber que, naquela época, os chineses tinham de se empenhar para se manter no campo - e tudo estava ligado aos ciclos da natureza. "Eles estavam sujeitos às variações climáticas, às enchentes, à falta de água e à necessidade de luz solar", explica o consultor de Feng-Shui Marcos Budette. No trabalho pela sobrevivência, começaram a observar o relevo. Acabaram constatando que uma habitação perto do centro de uma colina, tendo um riacho ao Norte e voltada para o Sul, receberia ótima influência do Sol.
Nessa disposição, ficaria protegida das fortes correntes de vento e das enchentes, e ainda teria água suficiente para que as plantações fossem cultivadas. "Em locais como estes, era muito mais fácil trabalhar com a agricultura. As plantações desenvolviam-se bem, além de as criações ficarem a salvo". Era claro que, se entendessem o ciclo da natureza, poderiam se beneficiar do meio ambiente, tendo grandes chances de atrair boa sorte e prosperidade. Mas nem sempre havia espaços que se encaixavam nessas condições, o que levou ao estudo do que hoje conhecemos como Feng-Shui. Na tradução literal, FENG significa VENTO, e SHUI, ÁGUA, duas importantes manifestações importantes do meio ambiente que são essenciais para a vida humana - o par pode ser interpretado como o "CAMINHO DOS VENTOS E DAS ÁGUAS".  Toda a teoria parte da análise das forças universais e busca o equilíbrio do homem com seus espaços, além da boa relação entre as energias emergentes e polares: o yin e o yang. A convivência plena e harmoniosa com a natureza é expressa no Feng-Shui através de sua base, centrada nos cinco elementos: a Madeira tem a energia geradora; o Metal representa a mutação; a Água flexível e penetrante; a Terra significa estabilidade; e o Fogo é a fonte produtora de calor e estímulo. Além desses elementos, é importante considerar a existência de uma força invisível, que é a fonte da vida. Estamos falando do C'hi, o ponto de partida existente no homem e no meio ambiente. Quando o C'hi flui em equilíbrio, as flores e as árvores crescem mais rapidamente, os animais desenvolvem-se saudáveis e o ar renova-se constantemente, enchendo a terra de saúde e abundância. O mesmo ocorre dentro de casa. Se a energia flui livremente entre os cômodos, a harmonia reina. "Certamente, os resultados positivos envolvem os moradores". Ao contrário do C'hi, que é a fonte geradora de energia, existe o S'ha, símbolo do fluxo energético inadequado, que pode ser traduzido como a energia que tende a estagnar e andar em linha reta. Como não circula, deve ser sempre corrigida para não causar bloqueios e dificuldades dentro dos ambientes. Da teoria à prática, o Feng-Shui vai estimular o fluxo do c'hi e bloquear a ocorrência do s'ha. O resultado é um ambiente agradável, aconchegante, convidativo, em que todos se sentem bem. Numa tradução literal: harmonia completa!
(texto-Anuário Feng-Shui ano I-nº I-Marcos Budette)

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...