Ocorreu um erro neste gadget
CLIQUE NA ÁGUA DO AQUÁRIO PARA ALIMENTAR OS PEIXES.
.

19 de jan de 2013

SONHO DE AMOR

O romance inocente dos contos de fadas dá o tom a este quarto infantil, localizado no guá dos Relacionamentos.
A infância é a época da inocência, quando tudo é possível e o mundo é, de fato, cor-de-rosa. A fase dos doces sonhos, da segurança nos pais e a certeza da colheita de bons frutos no futuro vem acompanhada, no caso das pequenas, da crença de que a vida será sempre leve e de que o príncipe encantado, nos moldes dos contos de fadas, virá arrebatá-la. Afinal, não são todas as meninas princesas? No lugar onde vive uma pessoa tão mágica, criativa e otimista, criar um ambiente romântico incentiva os sonhos e as vibrações positivas, especialmente no setor do Relacionamento. 
A chave do Feng Shui é cultivar, em cada área, vibrações ligadas ao setor da vida correspondente, fazendo que moradores e visitantes conectem-se a esta energia por meio de objetos, cores e materiais relacionados, mesmo que de forma inconsciente. Nada mais ligado aos relacionamentos românticos do que a cor rosa. Não diz o dito popular que quem ama vê a vida em cor-de-rosa? Um meio-termo entre a pureza do branco e a força do vermelho, esta é a tonalidade ideal para o guá dos Relacionamentos.
O criado-mudo, cercado de suaves rosas, ostenta as fotos com os pais para harmonizar os relacionamentos mais importantes da menina nesta fase.

Rosas: romantismo a toda prova
Diversas referências às rosas casam com o guá. Desta vez, falamos das flores, não da cor. A delicadeza e a perfeição delas, que espalham boas vibrações onde estiverem, são reforçadas pelo fato de esta ser a espécie preferida pelos enamorados. Como pede a decoração neste setor, as rosas estão presentes nos detalhes e evocam romantismo. Podemos encontrá-las de forma natural no criado-mudo; em resina, nos puxadores das gavetas e nos apliques da colcha. Para reforçar ainda mais o setor, distribua-as em número par.
A gaveta com divisórias não dá espaço à bagunça, deixando tudo no lugar. Os porta-retratos na forma quadrada também são muito benéficos ao guá.
Gavetas, caixas e armários ajudam a manter a ordem deste romântico cômodo.

O escritório de arquitetura AE uniu todos esses elementos em um projeto harmonioso e prático, que considera a beleza e o conforto sem esquecer da organização em um quarto feito sob medida para a pequena proprietária de cinco anos de idade. Gavetas em abundância, caixas organizadoras e até um espaço especial para prendedores de cabelo, entre outras miudezas, foram desenhados para ajudar a manter a ordem - e, por consequência, um bom chi - neste pequeno reino.

(Por, Beal Freire / Fotos, Adriana Barbosa / Feng Shui em Casa ano 7 nº 36 / Projeto, Alessandra Braggion e Eliana Toledo, da AE Arquitetura; tecidos, Kauany; papel de parede, Leonardo Urbano; iluminação, Light Center; poltrona, Micasa; cortina, De Angelis; persiana, Caran; telas, Ilca Braggion; molduras, Arte Própria. marcenaria, equipe da arquiteta).





Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...