Ocorreu um erro neste gadget
CLIQUE NA ÁGUA DO AQUÁRIO PARA ALIMENTAR OS PEIXES.
.

19 de out de 2011

A FORÇA DA NATUREZA.

FOGO, TERRA, METAL, ÁGUA E MADEIRA representam as diferentes manifestações de energia do universo.

O TAOÍSMO, tradição espiritual milenar de origem chinesa, que dá base a quase toda a cultura oriental, entende que o universo é resultado do equilíbrio entre duas grandes energias cósmicas: a yin e a yang. São elas as responsáveis pela harmonia de tudo e de todos - ora yin aparecendo em maior proporção, ora yang predominando, mas sempre as duas complementando-se. A responsável pela manifestação dessas forças é a própria natureza, através de seus elementos. O Feng-Shui enxerga no Fogo, na Terra, na Água, na Madeira e no Metal cinco maneiras diferentes de difundir toda a energia vital. Por isso é que os fengshuistas dão tanto crédito ao que definem como os elementos essenciais da natureza. Todos esses elementos, sem excessão, podem (ou não) favorecer o equilíbrio do ambiente e, por consequência, dos moradores e ocupantes. Para tanto, é preciso estimulá-los dentro de um espaço, a partir de suas características. Isso pode ocorrer porque os cinco itens são associados a determinados guás, sendo que cada um deles responde por um ou até três setores. Como exemplo, a Água é ligada ao guá do Trabalho, enquanto a Terra é à Espiritualidade, aos Relacionamentos e à Saúde. Ativar as características desses elementos é estimular o bom funcionamento e o equilíbrio dos guás correlatos. Mais que isso, os cinco representantes mantém um relacionamento "amistoso" entre si, chamado de "ciclo de favorecimento". A teoria estabelece uma certa ordem contínua, em que a Madeira se queima e cria o Fogo. Ao ser apagado, ele gera a Terra. Dela, se obtém o Metal, que se liquefaz e, simbolicamente, produz a Água, que, finalmente nutre aquilo que cria a Madeira. Com esse raciocínio, ao aplicar a teoria de harmonização, além de estimular o elemento-representante de um certo guá, é possível ativar o que surge antes dele no ciclo construtivo, ou seja, se um cômodo pede a ativação do elemento Metal, você pode estimular a Terra para alcançar seus objetivos. No outro lado da ponta, o processo inverso pode provocar um desequilíbrio e, portanto, deve ser evitado. Pela lógica do Feng-Shui, o Fogo destrói (derrete) o Metal, que derruba a Madeira (o machado abate a árvore, por exemplo), que ataca a Terra (tal qual as raizes que se infiltram no solo), que represa a Água, absorvendo-a. Esse líquido, por sua vez, apaga o Fogo. Nas próximas páginas, você visualiza projetos que exploram os cinco elementos e conhece as características de cada um deles.
(texto Anuário Feng-Shui ano I nº I - por Glau Gasparetto)


Clique aqui e escolha a sua no Site TonyGifsJavas.com.br

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...