Ocorreu um erro neste gadget
CLIQUE NA ÁGUA DO AQUÁRIO PARA ALIMENTAR OS PEIXES.
.

24 de mar de 2012

JARDINS DO ÉDEN.

A maior mostra de paisagismo e jardinagem da América Latina - a Expoflora 2009 - apresentou espaços externos que primam pelo bem-estar e pela qualidade de vida. A valorização de jardins, aliando conforto, praticidade e beleza, foi o foco da exposição, além de propor a convivência harmoniosa entre o homem e a natureza.
(Por, Vanessa Moura; Fotos, Adriana Barbosa).


Para o Feng Shui, as plantas são elementos essenciais para atrair boas energias e corrigir ambientes negativos. Morar em uma casa ou apartamento sem a presença da natureza é como morar em um local sem vida. Se você tem um espaço grande em sua casa ou um canto externo no apartamento, é possível planejar um jardim com elementos do Feng Shui. A tendência do paisagismo ambiental, apresentou na 5ª mostra de paisagismo e jardinagem Minha Casa & Meu Jardim - uma das mais famosas atrações da 28ª edição da Expoflora - realizada em setembro de 2009 em Holambra, interior de São Paulo- priorizou a utilização de espécies nativas de plantas e flores, de materiais recicláveis ou reaproveitáveis, além de optar por energias alternativas e processos de reúso de água. A preocupação ambiental também está ligada ao Feng Shui , não apenas da casa, mas do planeta.

Confira os ambientes externos que mais se destacaram pela presença do conceito sustentabilidade e que atraem boa sorte.



PARA MEDITAR

Inspirado nos projetos do renomado paisagista Roberto Burle Marx, que, se estivesse vivo, completaria 100 anos em 2009, o Recanto Harmonia e Luz abriga uma capela ecumênica feita em estrutura metálica e vitrais artísticos instalada em um canto do jardim, convidando o morador ou visitante à oração, à busca da paz e ao encontro do homem com os valores da natureza. Segundo Rosana Negreiros, agrônoma e paisagista do projeto, o espaço também remonta à valorização da família. Aos 88 anos de idade, o vitrinista Ton Geuer procurou, por meio da capela, transmitir a mensagem da família como santuário, local onde a vida deve ser acolhida e protegida para o aprimoramento dos valores humanos. Portanto, o jardim é um ótimo exemplo para reforçar os guás da Família e da Espiritualidade. Mais de 13 variedades e 254 vasos de plantas tropicais marcam presença no cenário, com destaque para as bromélias híbridas e extraídas legalmente, que se pendem em garrafões de vidro reutilizados e transformados em vasos dispostos em quadros naturais. Uma ótima dica para aproveitar os espaços verticais e ainda trazer bons fluidos.
(Paisagismo, Rosana Negreiros; Vitrais, Ton Geuer, Cristina Geuer S Chaim e Mathilda Geuer Simmelink).
Além de proporcionar sensação de relaxamento, o espaço Refúgio dos Amigos, da paisagista Silvia Maretti, está focado na contemplação, na integração e no convívio. O local é ideal para receber os amigos e reforça o clima de união. Caracterizado como área de lazer, o jardim reúne vários equipamentos para o entretenimento e o descanso: a piscina com cromoterapia e hidromassagem, o gazebo e o deck confeccionados com madeira certificada e as velas que completam o clima zen. O conceito de sustentabilidade está presente no revestimento da piscina em vinil, na iluminação com baixo consumo de energia e na lareira, sem a queima de madeira. As principais plantas utilizadas são a exótica palmeira-azul, a zâmia, a cica e o cacto-macarrão, que foi usado na parede como alternativa ecológica em substituição ao xaxim, além da palmeira triangular e do bambu mossô- principal planta representativa do Feng Shuim que traduz estabilidade, paz e segurança.
(Paisagismo, Silvia Maretti; Arquitetos, Lia Brasi e Henrique Cardoso)
A mandala é ótima para ser usada como proteção. Dentro de casa, simboliza a energia da totalidade e da integração. Já no jardim, maximiza o poder da natureza.


ESTÍMULO DOS SENTIDOS
A designer de interiores e paisagista Iara Kilaris apostou no lúdico em seu projeto Paisagismo Inovador, visando a estimular todos s sentidos sensoriais dos visitantes com diversas cores e formas orgânicas. O espaço é uma releitura do "Paraiso" e reúne várias espécies de plantas com tons marcantes.
(Paisagismo, Iara Kilaris)
As esferas no círculo vermelho remetem à maçã do amor, o "fruto proibido", e torna o espaço ainda mais pitoresco. "As formas circulares estão em evidência, pois ajudam no fluxo de energia", diz a paisagista, que se inspirou no feng shui para compor um cenário lúdico.


Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...