Ocorreu um erro neste gadget
CLIQUE NA ÁGUA DO AQUÁRIO PARA ALIMENTAR OS PEIXES.
.

25 de ago de 2012

DETALHES QUE FAZEM A DIFERENÇA

Dicas e conselhos para a aplicação ser mais rápida e efetiva.

O Feng Shui não tem que ser algo complicado ou que exija grandes mudanças. Inspiração e sentimento são mais importantes do que móveis novos ou mudar as cores das paredes. "As curas precisam ter um significado especial. Não adianta colocar peixes na área do Trabalho se a pessoa não gosta deste animal". Por isso, a aplicação da técnica deve ser um trabalho conjunto entre consultor e proprietário, levando em conta as indicação de quem executa, mas considerando as impressões que os objetos imprimem no morador. "A grande questão é fazer agora. Viver o hoje, usar a louça mais bacana, limpar o criado-mudo, a caixinha de remédios, sem deixar nada para depois. O importante é realizar com amor". Qualquer pequena mudança faz uma enorme diferença, as as primeiras atitudes - de limpar, organizar e consertar as coisas - são cruciais. "Não pode haver preguiça nem se deve usar a falta de tempo como desculpa. Essas atitudes são iportantes demais para melhorar a vida". As curas nem sempre precisam estar à vista, ou seja, não precisa aparecer. A cura escondida é como a gaveta bagunçada que ninguém vê, mas interfere na energia". O importante é que exista um cuidado redobrado com o que aparece, especialmente com as formas e os símbolos. Linhas retas, por exemplo, formam uma energia mais hostil e acelerada, que se reflete no comportamento das pessoas. Veremos o trabalho em uma casa em São Paulo onde a consultora acompanhou deste a compra do terreno até o final da construção, o que lhe permitiu cuidar até dos menores - mas importantíssimos - detalhes, como os cantos das paredes, que foram arredondados para evitar a formação de quinas (setas energéticas). Confira as mudanças que você também pode realizar no seu lar para torná-lo coo um imã de boas vibrações.

O segredo está na forma.
Uma piscina em casa é sempre sinal de diversão e descontração, o que ajuda a reunir os moradores e amigos. No entanto, ela pode ser muito mais do que isso. Para o Feng Shui tradicional, toda casa deve ter um rio calmo e tranquilo que passe por ela. Claro que essa "regrinha" se aplica a outros séculos - afinal, quem tem, hoje, o privilégio de ter uma casa com vista para o rio, morando em uma cidade grande? Para adaptar a teoria aos tempos modernos, pode-se recorrer a outros elementos que lembrem a água do rio, e a piscina é um deles. O formato da construção é a chave de tudo, já que a água deve passar pela casa de modo que esta fique na sua curva. Este layout traz prosperidade, enquanto a casa na parte de fora da curva faz que ela vá embora. É importante também, manter a água da piscina em movimento suave, para que não haja estagnação. Uma pequena fonte ou cachoeira que desemboque nela já é suficiente para alcançar o objetivo. No próprio setor da Prosperidade, ela é um grande trunfo. Esta área tem por regente o elemento Madeira e, por isso, se beneficia enormemente da água. Explica-se: de acordo com o conceito do ciclo construtivo, a Água gera a Madeira, o que reforça ainda mais a energia do guá. Outras intervenções incluem o painel de bambu, que, além de evocar o elemento, rebate as energias negativas, sendo um símbolo de sorte para os chineses. Sinuoso, ele incentiva a energia sutil e fluida do chi.

O começo de tudo
A beleza sempre foi um grande atrativo para a humanidade. Seja a física ou a artística, o homem a persegue em pinturas, construções, jardins e vestimentas através dos séculos. Muda o conceito estético, mas a busca pelo harmonioso continua no centro das atividades humanas, movendo a moda e o consumo. E a inegável magia que o belo exerce se explica pelo bem-estar que proporciona. Ninguém deseja viver em um lugar bagunçado, feio e mal-cuidado. Isso porque a energia desses espaços traz mal-estar e confusão mental para quem os habita. Isso ocorre, porque "o chi adquire a característica dos lugares por onde passa". Daí a importância de ter uma entrada bonita na sua casa, uma vez que "ela carrega de beleza e positividade a energia que invade o lar". Como acontece com o chi, a vibração das pessoas que entram na sua residência também será melhor depois de passar por um recanto de tranquilidade. então, é preciso prestar atenção na manutenção dessa entrada. Um local bonito tem a aparência de habitado e bem cuidado. Rachaduras na parede, ferrugem nas dobradiças e maçanetas ou plantas morrendo, nem pensar! "A maçaneta é muito importante. Ela deve ser bonita e diferente, para trazer energias boas".

Cuidados com a entrada da casa
- Evite pinturas mal-cuidadas ou ferrugem.

- Pleno funcionamento é fundamental: as portas não devem ranger, e a campainha deve estar funcionando.

- A maçaneta da porta deve ser excepcionalmente bonita.

- Flores e plantas são sempre bem-vindas. Utilize espécies verdejantes, para dissolver qualquer energia ruim.

- Atenção às lâmpadas e luminárias, substituindo-as assim que queimarem.

- E lembre-se: o elemento Água, em qualquer forma, é benéfico nesta região. Remete ao rio que deveria passar pela casa, trazendo prosperidade.
Capriche na maçaneta da sua porta, para que ela se torne um portal para um mundo particular de paz e tranquilidade.

Entre em harmonia
Trabalhar significa mais do que ganhar dinheiro. Tem a ver com o desenvolvimento das nossas potencialidade, a realização e a afirmação da auto-estima ao nos destacarmos na nossa área de atuação e, obviamente, envolve a manutenção da vida. Adquirir paz e contentamento nesta área da vida é difícil, tendo em vista o ímpeto ambicioso do ser humano, que, por um lado, traz insatisfação, mas, por outro, impulsiona o crescimento da sociedade. O equilíbrio nesta área pode ser incentivado com um bom projeto de Feng Shui. Uma planta projetada de acordo com a técnica terá a entrada no guá do Trabalho, como acontece nesta casa. Incentivar o elemento Água é o caminho mais fácil para ativar o setor e trazer os melhores frutos para a vida. Ainda mantendo a proposta de um hall bonito, a porta de vidro com arabescos e a maçaneta de cristal e metal são um jeito de entrar com o pé direito. Esses materiais unem a beleza com a utilidade, pois o metal gera a Água, e o cristal amplifica as energias positivas. Outras providências foram tomadas para ativar a área do Trabalho. As tonalidades preta e azul, cores do Trabalho, que remetem ao mar, foram equilibradas entre a mesa e o quadro. Vale ressaltar que, em vez de quadro, um espelho poderia ter sido usado, já que ele também evoca a Água. Os candelabros de cristal têm tudo a ver com o elemento, uma vez que são transparentes, trazendo bons fluidos.


Guia do espelho
O ponto central da casa é relacionado à vitalidade dos moradores. É deste ponto que partem todos os outros guás e, com certeza, ele os afeta profundamente.
Para ter espelhos em casa, é importante seguir algumas regras simples, mas que podem mudar a sua vida.
  • Use-os para trazer amplitude para o ambiente.
  • O espelho deve ser pendurado a uma altura maior que a pessoa mais alta da casa.
  • Deve ser limpo e sem manchas.
  • Precisa ser absolutamente reto, sem deformar a imagem.
  • Preste atenção ao que ele reflete. Se for uma janela com uma vista desagradável, por exemplo, essa imagem virá para dentro da sua casa. Procure vistas e imagens de bem-estar e fartura para se duplicarem.
Proteção por toda parte
Feng Shui é a arte de equilibrar e harmonizar os espaços. A técnica propõe soluções para que as pessoas se sintam mais confortáveis e relaxadas em sua residência, e grande parte dessas conclusões vem da observação e da sensação. Na construção de uma residência, existe um certo posicionamento que faz mais sentido quando pensamos que este deve ser um ambiente seguro, um verdadeiro refúgio, e é aí que entram os cinco animais celestes. Fênix, Tigre, Dragão, Tartaruga e Serpente representam o relevo ou, no caso dos dias atuais, as construções e energias que devem rodear a casa. A Serpente representa o lar em si, o local onde circula todo o chi, e é o centro deste diagrama (está representada no tapete do centro da casa. Veja a seguir como aplicar os outros animais à sua construção.
  • DRAGÃO - O crescimento da madeira está relacionado ao Dragão, que até na forma lembra uma árvore, ascendendo. Do lado direito, deve estar em altura mediana entre a Tartaruga e a Fênix, assim como o Tigre.
  • FÊNIX - Representa a chama e o brilho do Fogo e deve se posicionar na entrada da casa. O relevo, ou obstáculo, neste local deve ser mais baixo ou inexistente, proporcionando visão ampla de quem chega.
  • TIGRE - Como o próprio animal, representa a força física, o movimento, e é regido pelo elemento Metal. Do lado esquerdo, deve ser mais alto que a Fênix e mais baixo que a Tartaruga, para oferecer apoio, como os braços de uma poltrona, mas sem proporcionar sensação de claustrofobia - como aconteceria se todas as paredes fossem altas.
  • TARTARUGA - Proteção na parte de trás da casa é o que traz a Tartaruga e seu elemento Água. Uma montanha, um prédio ou um muro alto atrás da casa age como resguardo para o lar contra ladrões, invasores ou mesmo energias inconvenientes.
Prosperidade nos detalhes
As poltronas Le Corbusier têm o formato perfeito para onde se encontram. No guá da Prosperidade, elas, com o formato de ferradura, agem como um imã, que atrai fartura e boas energias. A sua cor não foi escolhida à toa, já que, "o preto remete à Água, que representa movimento", ou seja, não deixa a energia se estagnar.
A cor dourado no quadro também incentiva o setor, lembrando a riqueza e o luxo, pois remete ao ouro. Os toques de vermelho ativam a energia vital, pois altera o humor das pessoas. "Quem é muito nervoso ou hipertenso deve evitá-la". Outra boa chave para incentivar uma área é iluminá-la corretamente. Sobre o quadro, a luminária dá uma boa idéia de como se deve fazer. "A iluminação é uma cura, pois ativa a energia" conta a consultora, que completa fazendo uma relação entre a iluminação da casa e o tipo de energia dos seus moradores: "Repare como, nas casas de pessoas idosas, que têm menos energia, geralmente, a luz é mais fraca, amarelada". Lembra-se ainda, que se deve evitar a luz fria, pois ela apresenta trepidação, mexe com o sistema nervoso e é até apontada em estudos como causadora de câncer de pele.
Cristais são sempre muito bem-vindos na decoração, e recomenda-se que eles sejam pendurados sempre em um fio com medida múltipla de nove, um número auspicioso para os chineses.

Sucesso e fartura.
Nada mais próspero do que a luz do Sol. Tudo cresce e verdeja sob ele, que é o responsável pela vida na Terra, graças ao seu calor. Até o nosso humor muda quando o céu se abre para descortinar um glorioso dia de sol. Esta sala de jantar se aproveita desta energia para atrair a prosperidade, usando a cor amarela e, acredite ou não, frutas! Sim, enquanto o amarelo da parede remete ao ouro e à roupa do imperador - ou seja, à Fama e ao Sucesso, o guá deste ambiente -, as laranjas evocam o Sol. Sob indicação da consultora, o número de laranjas na fruteira é sempre multiplo de nove, um número muito auspicioso para os chineses (lembre-se de que o ba-guá se compõe de nove guás). Para tirar máximo proveito desta vibração, recomenda-se que, sempre que possível, as atitudes sejam tomadas dentro deste padrão. "O fio que pendura os cristais, por exemplo, deve sempre ser em uma medida múltipla de nove."

(Consultoria, Mariângela Pagano / Decoração, Clélia D'Angelo / Feng Shui em Casa ano 7 nº 36).

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...