Ocorreu um erro neste gadget
CLIQUE NA ÁGUA DO AQUÁRIO PARA ALIMENTAR OS PEIXES.
.

20 de abr de 2013

QUE SIGNIFICADO TEM O VERMELHO NA CHINA

Aos olhos de estrangeiros que chegam à China, fica evidente a preferência dos chineses pela cor vermelha. Por todos os cantos se pode ver a cor vermelha: nas paredes da Cidade Proibida, na bandeira nacional de cinco estrelas na praça Tian´anmen (praça da Paz Celestial em Beijing), nos caracteres que significam a dupla felicidade, usados nas cerimônias de casamento, até nos papéis recortados colocados nas janelas (que os chineses chamam "flores de janela"), nas lanternas pendentes em ruas, nos letreiros de lojas ou painéis comerciais, etc..
O vermelho possui um valor estético e representa um sentimento especial para os chineses. É a cor que simboliza a felicidade, alegria, entusiasmo, paixão, justiça e revolução. Além do mais, acredita-se que o vermelho é capaz de afastar o mal e trazer a prosperidade.
Na mentalidade do povo chinês, o vermelho simboliza um ambiente aconchegante e alegre. O vermelho é ainda a cor do amor. Segundo a lenda chinesa, o deus do casamento usa uma corda vermelha para amarrar os pés dos namorados para se tornarem, finalmente, um casal.
Na China, os casamenteiros são frequentemente chamados de "hongniang" (moça vermelha, na tradução literal). Esse é o nome de uma personagem corajosa e perspicaz de um romance clássico chinês, que ajudou a patroa a se casar com um jovem pobre, apesar da oposição de sua mãe.
Além disso, o casamento na China é conhecido como "ato vermelho", enquanto o funeral, "ato branco". Em cerimônias nupciais, a noiva veste-se de roupa e saia vermelhas, usa sapatos vermelhos bordados com figuras de dragão e fênix e leva na cabeça um véu vermelho. Na sala onde se realiza a cerimônia e no dormitório dos noivos tudo se enfeita com vermelho. Colocam-se ainda as jujubas na cama dos noivos,não por serem frutas saborosas, mas devido sua cor vermelha, que simboliza bons auspícios. Além disso, a palavra jujuba em chinês é "zao", um som homófono à palavra "cedo". As jujubas na cama dos noivos expressam um desejo para que o casal tenha filhos cedo.
Durante o Festival da Primavera, a maior celebração do ano, não se pode esquecer dos ornamentos vermelhos, como papéis recortados, pinturas de ano-novo, brinquedos e bordados que enfeitam casas, ruas e espetáculos folclóricos de todo tipo. A cor é indispensável para as atividades  festivas, pois os chineses acreditam que o vermelho traz a prosperidade, riqueza e alegria.
Na Antiguidade, o vermelho era exibido nas paredes dos palácios e templos, nas portas dos departamentos governamentais e nas residências dos nobres e até mesmo nas vestimentas dos funcionários públicos. Na contemporaneidade, o vermelho passou a representar a revolução, a cor que lembra o fogo, sangue, entusiasmo e luta.
Durante a guerra civil no século passado, as forças armadas dirigidas pelo Partido Comunista da China (PCCh) tinham o nome de Exército Vermelho. Suas bases de apoio revolucionárias eram chamadas de "zonas vermelhas". Até mesmo a República Popular da China fundade em 1949 ficou conhecida no exterior como a "China Vermelha".
O vermelho é a mesma cor tanto da bandeira do PCCh quanto da bandeira nacional e do emblema nacional da China. Também o lenço triangular que os garotos do Corpo de Jovens Pioneiros levam no pescoço, é símbolo de uma parte da bandeira vermelha tingida pelo sangue dos mártires.
Hoje em dia, nos parques públicos, uma das diversões prediletas dos idosos e pessoas de meia-idade é se reunirem logo cedo para cantar. Suas canções favoritas são as canções históricas e revolucionárias, também chamadas de "canções vermelhas". São exatamente essas canções que os acompanharam na infância, adolescência e juventude.

(Revista Fanzine Edição 39 nº 1 - 2013 / http://portuguese.cri.cn).

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...