Ocorreu um erro neste gadget
CLIQUE NA ÁGUA DO AQUÁRIO PARA ALIMENTAR OS PEIXES.
.

13 de nov de 2011

CORES - AÇÃO DIRETA.

ADOTAR TONALIDADES DENTRO DE CASA INFLUENCIA A PROSPERIDADE, A ENERGIA E O BEM-ESTAR.
AQUELES QUE PENSAM que as cores só servem, literalmente, para colorir um espaço qualquer, o Feng-Shui mostra que o caminho não é bem por aí. Tudo porque as variações cromáticas têm importante papel dentro da teoria de harmonização e são consideradas, inclusive, uma das curas básicas da técnica chinesa. Exploradas no interior do imóvel, podem influenciar o ch'i da casa e, consequentemente, de cada morador, tanto positiva quanto negativamente. Se adotadas de forma correta, estimulam a prosperidade, a energia e a felicidade, como apresentam Lin Yun e sarah Rossbach no livro "Feng-Shui e a Arte da Cor", pela Editora Elsevier. Da mesma forma que os orientais adotam as cores na Medicina, na arte e no preparo de alimentos, o Feng-Shui acredita que uma tonalidade consegue mudar radicalmente um espaço. "Trata-se de uma manifestação cósmica de energia, que também pode moldar a energia pessoal de um indivíduo e, portanto, seu destino", dizem Lin e Sarah. As cores afetam nossa disposição e nossos sentimentos, sendo que algumas delas têm um apelo universal, caso das chamadas primárias e brilhantes, que tendem a nos deixar mais alegres. Mas sempre há aquelas "mais indicadas". Os melhores tons para o interior de um imóvel, por exemplo, são o azul e o verde claros, considerados relaxantes que, "ajudam os moradores a saírem de um estado de estresse e excitação do trabalho e do mundo exterior para um estado mais tranquilo e energético", como defendem os escritores. Nem por isso a intensidade da cor deve ser regra. Neste quarto da imagem por exemplo, apostou-se no inverso, onde foi adotado uma variação vibrante do azul no quarto de um jovem rapaz. Num primeiro momento, a opção seguiu as preferências do morador, o que conta pelo prazer do contato proporcionado. Mas existe toda uma justificativa fengshuista por trás, uma vez que o perfil do jovem é predominantemente Metal e o azul está ligado ao elemento Água. "Isso explica a preferência ou necessidade desta cor, porque ela acalma, tranquiliza e relaxa aquele que vive a experiência do Metal". Além deste critério, o tom e a quantidade de azul combinados com o branco e com pequenos detalhes vermelhos ampliam o espaço. O azul também provoca o desligamento da grande quantidade de estímulos coloridos a que estamos submetidos diariamente, aliviando o estresse visual e a excitação que gera. "Quartos são bons ambientes para receber esta cor, que torna nossa respiração mais lenta e calma, estimulando a expiração profunda".
O azul impetuoso não carregou o ambiente. Pelo contrário, garantiu a desaceleração necessária para o jovem, que aqui consegue se "desligar" do corre-corre externo. O branco e o vermelho contribuem para a sensação de amplitude.

(Feng-Shui e decoração, Suely Aily Decoração, Reformas e Equilíbrio de Interiores; painel de madeira e pintura, Art Tech; pintura especial Trompe L'oeil, Carlos Dalarmelino; iluminação e lustre, Lustreco; cortinas, colchões e edredons, Toque Final; Anuário Feng-Shui ano I nº I; Foto, Wagner Silveira)

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...