Ocorreu um erro neste gadget
CLIQUE NA ÁGUA DO AQUÁRIO PARA ALIMENTAR OS PEIXES.
.

12 de nov de 2011

GUIA RÁPIDO - FLUIDEZ ENERGÉTICA.

FLUIDEZ ENERGÉTICA.

FONTES D'ÁGUA, SINOS-DOS-VENTOS E INCENSOS ESTIMULAM O VAIVÉM DO CH'I.

Se o Feng-Shui está ligado ao vento e à água, as fontes e os sinos são associações claras dessas manifestações da natureza. Ambos revelam o movimento promovido pelo universo, estimulando o fluxo de boas energias em qualquer ambiente. O mesmo pode ser dito sobre os incensos, que liberam vibrações positivas através dos cheiros agradáveis. Pela teoria chinesa, os três são bastante recomendados para garantir a harmonização interna. A Física explica a sensação de bem-estar gerada pela água. "Já foi comprovado que, quando ela está em movimento, ioniza o espaço através dos elétrons liberados. Assim, proporciona um ambiente rico em energias positivas, o que nos faz sentir tão bem diante do mar, de cachoeiras ou mesmo de uma fonte". Com as fontes, a consequência imediata do som da água caindo é gerar tranquilidade e equilíbrio para quem está por perto. Além disso, os movimentos são associados à prosperidade, à abundância, à saúde e à longevidade. Entre as melhores àreas para acomodar fontes d'água, podemos citar os guás: Prosperidade, Trabalho, Viagens e Amigos. Além disso, o estilo de peça deve sempre atender ao gosto individual, mas, via de regra, quanto mais naturais forem as matérias-primas, melhor. O mesmo vale para os sinos-dos-ventos, bastante indicados se confeccionados de bambu. Vale, ainda, adotar peças de pedras e metal, entre outras variações. O importante é saber que as ondas sonoras destes utensílios contribuem para o equilíbrio do ambiente, dissipando as energias negativas e atraindo as positivas. Bem melhor é se forem instalados em espaços que apresentem corrente de ar, espalhando, assim, seu encantamento. Em consequência, o resultado será um ambiente que atrai influências positivas, prosperidade e, inclusive, melhorias financeiras. Entretanto, não é só isso: os móbiles elevam a força vital, sobretudo de pessoas doentes ou deprimidas. Os incensos, por sua vez, acarretam fatores positivos associados aos aromas. "É importante que o cheiro atenda às preferências pessoais, sendo que cada um deles ativa energias específicas". Os incensos trabalham com as energias do ar e do fogo. O bom seria se os ambientes de uma casa fossem incensados pelo menos uma vez por semana ou toda vez que o ocupante julgar necessário. "Isso vale para depois de situações de estresse". E se tiver em dúvida sobre qual aroma escolher, leve em consideração também sua intuição. Algumas sugestões são: 7 ervas (afasta inveja e purifica ambientes), alecrim (abre caminhos e purifica energias), âmbar (cria no ambiente uma atmosfera de sensualidade), arruda (combate o mau-olhado e limpa o espaço), camomila (estimula harmonia, paz e purificação), canela (antidepressivo, aumenta a alegria de viver), capim santo (gera tranquilidade, boa sorte e purificação), dama-da-noite (cria o clima de romance), floral (tranquiliza e relaxa), eucalipto (estimula a mente, aumenta a concentração e o raciocínio), jasmim (promove o relaxamento a auto-estima e a harmonia), lótus (acarreta o crescimento espiritual), madressilva (aumenta a segurança emocional e elimina traumas), mirra (promove limpeza espiritual, proteção e cura), opium (proporciona tranquilidade, liderança e espiritualidade), patchouli (fonte de atração, gera amor), e sândalo (para meditação, concentração, proteção, espiritualidade e boa sorte)

(Débora Meloni paisagista e consultora, Paula R. Bussoli Nattis consultora, anuário Feng-Shui ano I nº I, fontes d'água e sino-dos-ventos Anni Verdi, produção Regina Guidi, foto André Wittner)

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...